A Bacia do Rovuma, partilhada por Moçambique e Tanzânia, detém uma das maiores reservas de gás natural do mundo, ainda não exploradas. Para melhorar a capacidade de exploração desses recursos, o Governo de Moçambique, as companhias petrolíferas e outras partes interessadas investiram em programas de formação na petróleo e gás. A Universidade Eduardo Mondlane (UEM) liderou o processo de criação e implementação de programas de formação de pós-graduação abrangendo a perspectiva a montante e a jusante do engenharia do negócio de petróleo e gás. Dois programas de mestrado serão implementados, um em segurança e engenharia ambiental para indústrias de petróleo e gás, e outro para Geociências de Petróleo.
Como forma de reforçar as capacidades de investigação e educação e com o apoio financeiro do Banco Mundial, a UEM criou um Centro de Excelência com um âmbito regional para dar oportunidade a jovens talentosos africanos nacionais e regionais para se formarem a nível de pós-graduação como técnicos e pesquisadores, com o objetivo de incrementar o conteúdo local na região Sudeste no que se refere ao campo da petróleo e gas.
O Centro Regional de Excelência em Estudos de Engenharia e Tecnologia de Petróleo e Gás - CS-OGET é uma unidade orgânica da Universidade Eduardo Mondlane que funciona na Faculdade de Engenharia cuja função principal é a investigação científica.

Objectivos

  1. Ser um Centro Regional de Excelência para a formação e pesquisa de referência nacional, regional e internacional em Engenharia de Petróleo e Gás;
  2. Assistir o país e a região no desenvolvimento de capacidade nacional e regional na área de Engenharia de Petróleo e Gás;
  3. Garantir excelência na formação especialistas em Engenharia de Petróleo e Gás competentes na região;
  4. Contribuir para o incremento do conteúdo local nos projectos de Petróleo e Gás;
  5. Munir a Comunidade de capacidades relevantes para que desempenhe papel activo no desenvolvimento da economia local e sectorial;
  6. Garantir equidade nos formandos e formadores.